(11) 2308-2982 / 2308-2983
R. Vinte e Oito de Setembro, 733 - Vl. Dom Pedro I - São Paulo/SP - CEP 04267-000 (600m do metrô Alto Ipiranga)

Blog da Clínica Vitalità

Clínica de Reabilitação Integrada

Top 10 alimentos para combater o estresse

Todos nós temos dias difíceis, não é mesmo? Veja as nossas dicas de alimentos para combater o estresse no artigo. Confira!

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) , o estresse afeta mais de 90% da população mundial e é considerada uma epidemia global.

Os fatores estressantes, além de causar um desequilíbrio hormonal no organismo, alteram as reservas de nutrientes, vitaminas e minerais, podendo causar várias doenças.

O estresse surge quando fatores emocionais e físicos que causam irritação, que amedronte, confundam ou cause inquietação provocam um desequilíbrio hormonal – aumenta a produção de hormônios como a adrenalina e o cortisol.

        Produzido pelas glândulas suprarrenais, o cortisol  é um hormônio que é liberado em nosso organismo em momentos de maior agitação, como por exemplo na hora do treino ou, em maior quantidade, em situações de estresse.
          Nessas situações, as glândulas suprarrenais também produzem adrenalina e noradrenalina que, juntamente com o cortisol, proporcionam alterações em nosso corpo como o aumento da frequência cardíaca, aumentando a quantidade de oxigênio nos músculos; elevação dos níveis de açúcar no sangue proporcionando o aumento da quantidade de energia, diminuição da produção de insulina, e consequentemente impede  que o açúcar seja armazenado, deixando-o livre para ser “queimado” rapidamente pelos músculos; estreitamento dos vasos sanguíneos, fazendo o coração trabalhar mais, aumentando a quantidade de sangue nos tecidos.

         Em um curto período de tempo essas alterações são benéficas e auxiliam em um desempenho mental melhor para achar soluções ou decidir algo rapidamente,  numa situação de estresse.

           Contudo, a junção de estresse constante e cortisol em níveis altos, durante um período prolongado de tempo, tem como resultado os problemas de saúde:

  • pressão alta e problemas no coração,
  • diabetes, advindo do aumento dos níveis de açúcar no sangue causado pelo cortisol,
  • aumento da barriguinha, pois, com a diminuição de insulina ocorre o aumento excessivo da gordura abdominal,
  • diminuição da resistência imunológica do organismos, abrindo portas para resfriados, gripes e outros tipos de infecções mais facilmente.

Como alguns alimentos podem auxiliar no tratamento do estresse?

O ponto de partida do tratamento deve ser o equilíbrio da flora intestinal, principal porta de entrada para doenças, tanto emocionais como as imunológicas e, até, alergias. Consideramos o intestino o segundo cérebro do corpo humano, tamanha é a importância que ele tem na saúde do nosso organismo.

Para combater o estresse é preciso uma mudança nos hábitos alimentares e a busca por um estilo de vida mais saudável. Uma alimentação equilibrada e a prática de exercício físico ajudam bastante.

Um dos princípios da nutrição funcional é baseado na procura por um balanço dinâmico dos fatores internos e externos entre o corpo, mente e espírito do paciente. A interação corpo e mente exerce papel fundamental no ciclo de antecedentes, gatilhos e mediadores das doenças crônicas sendo o estresse mental de maneira efetiva neste ciclo.

Recomenda-se para a maioria das pessoas uma alimentação de 3 em 3 horas. Afastar os corantes e conservantes (aditivos de uma forma geral) agrotóxicos, gorduras trans, industrializados, cafeína e carne vermelha, pois são degeneradores cerebrais e altamente inflamatórios.

Top 10 alimentos para combater o estresse:

  1. Abacate e oleaginosas: Ricos em beta-sitoesterol que modulam os efeitos do cortisol;
  2. Chá verde e Matcha: Contém teanina, aminoácido com propriedades psicoativas, que reduz estresse físico e mental pelo controle do cortisol;
  3. Fosfatidilserina, presente em fígados, sardinha, coração de boi e atum;
  4. Magnésio, presente na aveia, arroz integral, lentilhas, amêndoas, vegetais verdes escuros;
  5. Folatos: vegetais verdes escuros, fígado e feijões;
  6. Ômega 3 e Coenzima Q10: peixes de água fria (salmão, sardinha) e oleaginosas (castanhas, nozes, linhaça);
  7. Banana e grãos integrais: auxiliam na síntese de serotonina, melhorando o humor e aliviando o estresse;
  8. Vitamina C: acerola, laranja, abacaxi, limão, kiwi, couve e goiaba;
  9. Glutationa: melancia, morango, tomate e laranja;
  10. Rhodiola Rosea, Ginseng e Ginkgo Biloba, bem como o própolis e a geléia real.

 

Além disso, ter a sabedoria para aproveitar os momentos da vida, amar, sorrir, brincar, são os melhores investimentos para sua saúde física e mental!

Veja também 8 dicas de como relaxar a mente e o corpo após um dia estressante!

Share with friends   
Leticia Barjud Moreira

Written by

Nutricionista Especialista em Nutrição Funcional. CRN 44703

Comments 2

Avatar
11 abril 2019 Responder

Eu gostaria de fazer um teste

Clínica Vitalità
15 abril 2019 Responder

Olá Joyce! Tudo bem?
Você gostaria de agendar uma Avaliação com a Nutricionista Leticia Barjud?
Você pode entrar contato conosco através das seguintes opções:
– Aqui no blog (e em todo o site) tem o ícone do whatsapp – é só clicar nele que vai abrir uma janela de conversa direta com a Aline aqui da Clínica (ela poderá conversar contigo sobre a Avaliação Nutrcional com a Dra. Letícia)
– Você pode enviar uma mensagem direta para o whatsapp aqui da Clínica: 11 99518-9891
– Você pode preencher o nosso formulário aqui mesmo no site: https://www.clinicavitalita.com.br/contato/
– Você pode vir conhecer a clínica e tomar um café conosco 🙂 Rua Vinte e Oito de Setembro, 733 – Ipiranga (ou Vila Dom Pedro I)

Aguardamos seu contato 😉

Deixe uma resposta